Quero ser livre! Como me desprender?

Você pode estar se sentindo preso, acanhado na função atual, ou até mesmo pelas circunstâncias atuais. E eu te digo: isso passa!

Claro que para passar e se desprender você precisará agir, mas não é impossível, eu já fiz isso, mais de uma vez, e hoje vejo a vida de um ponto de vista bastante diferente da maioria das pessoas.

O desprendimento pode ser afetivo, financeiro, material de várias formas e estágios da nossa evolução. Para entrarmos em Flow (fluxo) é preciso que tenhamos o máximo de desprendimento. De nada adianta desenvolvermos os sentidos anteriores da confiança, da positividade e da visão se não conseguirmos nos desprendermos.

Conheço, e você também deve conhecer, muita gente que fala, fala, fala e na hora H faz exatamente o contrário. Diz que vibraciona amor o dia inteiro, e quando mais precisa parece o cão chupando manga em brados de fúria e cólera, que diz que não tem ciúmes e é desapegado, mas não pode ver o namorado(a) conversando com ninguém, muito menos aquela blusinha linda na irmã mais nova! O que fazer?

O primeiro passo para o desprendimento é a conscientização, e essa tem que se dar em três níveis:

  • Material
  • Emocional
  • Intelectual0

Quando você conseguir conceber que tudo aquilo que construímos e lutamos para nosso conforto é passageiro, terá se desprendido materialmente. Quando você entender que a relação com o outro é sempre temporária e necessita de identificação e verdade, você terá se desprendido emocionalmente. Quando você entender que o mundo tem muitas verdades, e que não importa o que você faça, não terá como ter todas, e aceitar a sua ignorância, terá se desprendido intelectualmente.

E como eu faço isso? Com exercícios. Ao identificar um sentimento negativo (e eles são os sintomas do aprisionamento), pergunte a si mesmo: “este sentimento me move ou me trava?”  “me liberta ou me aprisiona?”, e em seguida “com qual sentimento deveria substituir para ter maior desprendimento e liberdade?”.

Cuidado para não entrar na paranoia e querer fazer isso acontecer da noite para o dia, como todo exercício, vamos do mais simples ao mais complexo, conquistando um pouco por vez. Então, se prepare para a próxima vez que estiver numa situação assim para se fazer as três perguntas acima e se tiver passando por alguma situação que esteja te deixando ansioso, irritado ou qualquer outro sentimento negativo, já aproveite para iniciar o exercício!

Agora, vai que a liberdade é tua!

Te vejo por aqui, na próxima vez mais liberto!

Fonte: http://www.andrehubler.com.br/quero-ser-livre-como-me-desprender/